.

Publicado el November 21st, 2008, 19:55

Pr. Marcos Amazonas

Tema: O Senhor é o meu Pastor

Salmo 23.1a

Este salmo é um dos textos mais profundos que existe nas Escrituras. No estudo anterior, fiz um apanhado geral do salmo afirmando que era a introdução de uma série de estudos que estaria a preparar. Sendo assim, para manter a palavra e por sentir que Deus tem muito para nos dizer através do estudo deste salmo vamos estudá-lo com calma. Contudo, creio ser importante recordar o que foi dito no estudo introdutório para que possamos recordar as ideias centrais do mesmo. O tema foi: Propriedade exclusiva do Senhor e declarei o seguinte:

1.      Somos propriedade exclusiva do Senhor

2.      Ser propriedade exclusiva do Senhor garante-nos companhia constante

3.      Ser propriedade exclusiva do Senhor garante-nos vida eterna

É a pensar nesta introdução do salmo que iremos trabalhar todas as ideias. Contudo é muito importante compreender que este salmo está "entre o salmo da Cruz e o salmo da Coroa: o 22 nos fala do Bom Pastor que morreu; e o 24 do Pastor chefe que vem de novo; mas o 23 nos apresenta o Grande Pastor, que guarda o seu rebanho com inequívoca sagacidade e com incansável cuidado."[1] Esta é uma segurança que todos podemos e devemos ter.

É interessante notar que o salmo tem duas metáforas que expressam o cuidado do Senhor para connosco. David apresenta a figura do pastor (vs 1-4) e o anfitrião (v.5), que são figuras típicas do seu ambiente cultural. Contudo, o que significam estas figuras? " As imagens do pastor, solícito pelo sustento e pela protecção do rebanho, e do anfitrião, generoso no acolhimento do hóspede, encontram sua aplicação no relacionamento de Deus com os seres humanos e têm sua atualização na liturgia, que celebra a solicitude do Bom pastor para com os fiéis e a participação na mesa do banquete sagrado." [2]

Fica claro que a ideia é de cuidado, protecção e comunhão constante com o Senhor. Contudo, quais são as lições práticas que este texto tem para a minha vida?

A minha vida é dirigida pelo Senhor. É interessante o que David diz. Note que ele inicia dizendo: O SENHOR é o meu Pastor. Notemos o pronome possessivo que ele utiliza. Ele está a dizer que não pertence a si mesmo. Ele está a dizer que sua vida não é dirigida por ele mesmo. Ele diz que sua vida não pertence a ele mesmo. Ele é propriedade do Senhor. A quem tu pertences?

Por que David diz isto?

O que o rei pastor está a dizer é que Yahweh é o Rei da sua vida. Não podemos esquecer o contexto da época. "Para o israelita, o pastor não só orientava e tomava providências em favor do rebanho, mas também disciplinava e julgava. Por isso, a idéia de pastor veio ilustrar, quase sempre, no AT e depois no NT, a função do rei. Vejamos Ez 34.11-23; Jr 23.3, 4; Mt 25.34; Is 40.11; Jo 10.1-16; Lc 15.3-7; 1 Pe 5.4; Hb 13.20."[3]

David está a dizer que segue o seu Pastor. Contudo, é muito importante notar que ele sabe quem é o seu pastor. Note como ele começa o seu cântico: Yahweh é o meu Pastor. A melhor tradução é Yahweh. David é específico. Ele utiliza o nome que o próprio Senhor deu a Si mesmo. O que David diz é que o Deus Todo-Poderoso é o dono da sua vida. E tu o que dizes? Quem é que controla a tua vida?

David diz que Deus é o seu Senhor. Ele optou pelo termo Yahweh, mas porque este termo?

Yahweh é o nome de Deus. Foi este nome que Ele deu a Moisés. Ele disse a Moisés "Eu sou Yahweh. Eu apareci a Abraão, e a Isaque, e a Jacó, como El Shaddai; mas pelo meu nome Yahweh, não lhes fui perfeitamente conhecido" (Êx 6.2-3). Os judeus não tinham coragem de pronunciar este nome. Por isso, substituíram o nome pela palavra Adonai que significa Senhor. O que quer dizer o nome Yahweh?

Yahweh significa: "o único que vive, o que existe por si mesmo, e Eu sou, Eu Era e Eu serei; quem enche a eternidade; quem tem Vida em si mesmo."[4]

Este termo pode significar "Eu sou" e "Eu causo" Deus é e ponto final. Ele é o imutável. David diz que o seu Pastor é Aquele que nunca é apanhado de surpresa.

Deus é o pastor de David. Deus é o teu pastor também?

A primeira ideia do salmista é que ele não é dono da sua vida. Ele pertence ao Criador. Ele tem um guia e este guia é o Criador do universo. Podes dizer o mesmo?

Estou em comunhão com o rebanho do meu Pastor. Esta é uma ideia que muitas vezes nos passa despercebida. Contudo, devemos entender que o Pastor tem um rebanho e não apenas uma ovelha. David diz que faz parte do rebanho do Senhor. Faz parte de uma colectividade. Já fazes parte deste rebanho?

É interessante notar que nos últimos séculos o homem tem procurado viver só. Tem procurado olhar para si, sem pensar na colectividade, mas isto é impossível. Fomos criados para viver em comunidade. Somos seres grupais, que necessitam estar em comunhão uns com os outros. Quando estamos no rebanho do Senhor, temos uma comunidade. O salmista diz o seguinte: "Sabei que o Senhor é Deus! Foi ele quem nos fez, e somos dele; somos o seu povo e ovelhas do seu pasto." (Sl 100.3). Agora veja o que o Senhor Jesus disse: "Tenho ainda outras ovelhas que não são deste aprisco; a essas também me importa conduzir, e elas ouvirão a minha voz; e haverá um rebanho e um pastor." (Jo 10.16). Note que o Senhor fala de um rebanho. Ele não fala de uma ovelha. É colectivo. Ter o Senhor como o meu Pastor significa companhia constante com Ele e com o seu rebanho.

É por isso que nos dizemos que somos igreja. Gosto muito deste termo, pois é um termo colectivo. Não se é igreja sozinho. Para que eu possa ser igreja, necessito de outras pessoas. A igreja é o rebanho do Senhor.

Já fazes parte deste rebanho?

Já ouviste a voz de Jesus, o Bom Pastor a chamar-te e a convocar-te para fazeres parte do seu rebanho?

Fazer parte do rebanho do Senhor é poder ter a garantia de segurança. É poder saber que os problemas irão surgir, mas o Senhor não permitirá que nada e ninguém nos arrebate das suas poderosas mãos (Jo 10.28-29). Já estás guardado e protegido pelas mãos do Senhor?

Eu tenho a marca do Senhor. É interessante este aspecto, pois é isto que nos distingue dos demais. Temos uma identidade. Fomos marcados pelo Senhor. Ele olha para suas ovelhas e as conhece logo. Veja o que Jesus diz: "Eu sou o bom pastor; conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem." (Jo 10.14). Ele nos conhece porque pôs em nós à sua marca. Ele nos selou para que possamos ter a garantia de que lhe pertencemos. É por isso que ninguém nos pode tirar das suas mãos. Ele nos marcou. Paulo tinha claramente esta noção, pois escreveu o seguinte: "Mas aquele que nos confirma convosco em Cristo, e nos ungiu, é Deus, o qual também nos selou e nos deu como penhor o Espírito em nossos corações." (2 Co 1.21-22). Esta marca faz toda a diferença. Ela me distingui dos demais. O Senhor olha de longe e pode me chamar, pois Ele sabe que eu lhe pertenço. Ele me conhece pelo próprio nome. Não passo despercebido. Como ovelha do Senhor eu sou importante para Ele. Ele preocupa-se comigo.

Eu sei quem é o meu Pastor, mas Ele sabe quem eu sou. E tu, já tens a marca do Senhor? Já foste selado por Ele?

Eu tenho um lugar seguro onde ficar. David quando afirma que o Senhor é o seu Pastor, ele está a dizer que há segurança. Que ele vai ser levado para um lugar seguro. O Senhor nos guarda no seu redil. Ali nada nem ninguém poderá nos roubar. Dentro do redil do Senhor eu posso descansar tranquilamente, pois sei que o Senhor não vai me abandonar.

É no aconchego do redil que posso sentir o amparo e a protecção das outras ovelhas. É no redil que sentirei o Senhor a acarinhar-me e a suprir minhas carências. É neste lugar que ele vai tratar das minhas feridas e mazelas. É aí que ele fará fluir sua graça sobre mim.

Quando o Senhor reúne o seu rebanho, coloca todos em protecção e segurança e fica a vigiar-nos para nos dar protecção constante. É por este motivo que David cantava: " O Senhor é o meu Pastor". Tu podes cantar como David?

Podes dizer que estás no redil do Senhor?

Só estarás no redil do Senhor se tiveres a maca do Senhor. Para que isto aconteça, deves desistir de viver por ti e permitir que o Senhor guie e sustente a tua vida.

Guisa de Conclusão

Neste salmo David exulta de alegria. Celebra a certeza da salvação do Senhor.

Ele diz claramente o seguinte:

1 – Sua vida é governada e orientada por Deus

2 – Sua vida é vivida em comunhão no rebanho do Senhor

3 – Sua vida foi marcada pelo Senhor.

4 – Sua vida está segura, pois esta guardada no redil do Senhor.

Podes cantar juntamente como David?

Já suplicaste ao Senhor para que ele seja o teu Pastor?

Abre teu coração a Jesus e aceita-o para honra e glória do seu Nome.

Que seja assim e se faça assim para honra e glória do Senhor Jesus.




[1] MYER, F. B. El Salmo del Pastor, Libros CLIE, Terrassa Barcelona

[2] Bíblia Sagrada, 3ª Edição Editora Vozes. Nota de Rodapé. Petrópolis, 2004

[3] BACON, Betty, Estudos na Bíblia Hebraica, 1ª Edição Edições Vida Nova, São Paulo 1991

[4] Op.Cit.

 www.cabocloamazonense.blogspot.com

Por InfoBatista, en: General