.

Publicado el November 21st, 2008, 19:58

Silvestre dos Santos encontrou um envelope com R$ 2.000, próximo a um poste de luz em que fazia manutenção, e imediatamente comunicou os seguranças do Supremo.

Contatada, a agência do Banco do Brasil que fica dentro do STF informou que o dinheiro havia sido sacado por Francisco Ramalho Medeiros, diretor do Centro de Reintegração Deus Proverá, que trabalha na recuperação de dependentes químicos em Planaltina, cidade satélite de Brasília.

Francisco havia aproveitado o primeiro dia após o fim da greve dos bancos para sacar o dinheiro que pagaria as contas da instituição, que abriga 76 homens vitimas de alcoolismo e dependência de entorpecentes. Ele ainda nem tinha notado a falta do envelope, que perdeu quando entrava no carro de um amigo. “Não percebi que um deles [os envelopes] tinha caído antes de fechar a porta”.

Silvestre disse que em nenhum momento pensou em ficar com o dinheiro, apesar de admitir que poder ter resolvido todas as suas dívidas. “Deus me tocou para devolver. Não era meu, então ele me faria mal”, afirmou. Ele disse se considerar um homem de sorte.

O diretor do centro de reabilitação entregou R$ 100 e uma camiseta a Silvestre, como recompensa pela boa ação. O assistente de eletricista decidiu que patrocinará um lanche para seus colegas de trabalho com o dinheiro, mas já reservou o dízimo para a igreja evangélica da qual é membro.

Fonte: Última Instancia
Via: O Verbo / http://noticias.gospelmais.com.br/trabalhador-acha-r-2000-no-stf-e-devolve-envelope-a-centro-de-reabilitacao.html

Por InfoBatista, en: General